O famoso fuhrer, a personagem principal do Diário de Briget Jones e a Miss Universo de 1965 andaram nas bocas do mundo esta semana.  E tudo por questões de beleza. Afinal quem não quer ser a “mais bonita” e usar uma faixa de miss? Tudo pela beleza, nem que para isso sejam necessários procedimentos arriscados e pouco naturais.


Em 1945, acabava a 2ª Guerra Mundial e morria Adolf Hitlter. Dois anos depois, nascia, na Tailândia, Apasra Hongsakula, que viria a tornar-se miss, quatro anos antes de nascer Renée Zellweger. O que é que estas três pessoas têm em comum? Só o facto de me terem surpreendido esta semana.

Concursos de beleza são comuns. Surpreendem alguém? Não. A menos que seja para eleger a Miss-Hitler. Sim, Miss-Hitler! São mulheres, são nazis, odeiam judeus e amam Adolf Hitler e concorrem por uma jóia parecida com uma das runas nórdicas e por um pingente da suástica. Um concurso um tanto ao quanto polémico – vá-se lá saber porquê – que reuniu várias participações, e isso sim é preocupante.

 Em 1947 seria impensável fazer um concurso Miss-Hitler, ainda no rescaldo da segunda guerra mundial dizerem-se nazis publicamente seria sinónimo de muitos sarilhos. Mas já existia o concurso de Miss-Universo, e nesse ano a vencedora foi Apasra Hongsakula. Eu não era nascida, a maioria vocês provavelmente também não o seriam. A senhora tem agora 67 anos, mas é como se tivesse 18. Pois é, a tailandesa terá gasto mais de dois milhões de euros para recuperar a imagem que tinha no ano em que foi eleita mulher mais bonita do planeta. Para alguns a fonte da juventude realmente existe, desde que se tenha uma boa fonte de dinheiro. 

A vida é dela, obviamente faz aquilo que quer, mas isto é uma questão de beleza ou de identidade? Nesta sequência, surge o caso da Renée Zellweger, a conhecida Briget Jones. Tinha, para mim, uma das caras mais inconfundíveis do mundo do cinema, cara essa que desapareceu. Surgiu completamente irreconhecível e eu demorei para acreditar naquilo que estava a ver. Choveram críticas, os especialistas afirmam que retocou o nariz, aplicou botox, fez  blefaroplastia (retirar os papos dos olhos) e esticou as maçãs do rosto. 

A única coisa que Renée disse é que está feliz assim. Bem, se ela está feliz, eu fico feliz por ela, mas lá que foi uma surpresa, isso foi. Não que eu seja contra as operações plásticas, acho que é importante aceitar como somos, mas quem é que não pensa em melhorar algumas partes do corpo? No nosso intimo, por muito confiante que sejamos e por muito bem que nos aceitemos, há sempre um pormenor ou outro que gostaríamos que fosse diferente. Sou a favor da mudança se esta nos leva à felicidade, mas a nossa imagem também faz parte da nossa identidade, até que ponto é saudável perder a nossa identidade tentando ser alguém que não somos, ou ter a idade que já não temos? 

"Wanting to be someone else is a waste of the person you are." - Kurt Cobain

9 comentários :

  1. Realmente é uma grande verdade: a imagem está sempre associada à identidade de uma pessoa, será que vale a pena arriscar, mudar, por vezes apenas para agradar a terceiros? Se o fizermos por nós, concordo, se o fizermos pela sociedade, discordo!

    Beijinhos,
    http://mrswonderlandby2.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. estou pasma com aquela senhora de 67 anos! ai!

    ResponderEliminar
  3. Algum dia eu daria 67 anos a uma senhora com aquele aspeto? A minha alma ficou parva!

    ResponderEliminar
  4. A Miss Hitler é um absurdo.
    Muito espantada com a ainda beleza da Miss Tailândia.
    Continua a achar a Renée bonita, mas diferente :)

    ResponderEliminar
  5. a beleza cada vez mais é bastante importante..

    ResponderEliminar
  6. Acho isto tudo um exagero. Mas cada um é que sabe de si =)

    ResponderEliminar
  7. Realmente o dinheiro compra tudo, menos felicidade... ou será que compra felicidade também?! A beleza já está mais que comprovado que pode ser adquirida com dinheiro...
    Mas a Renée, está irreconhecível... Não está feia, mas para mim já não é a Renée :(

    ResponderEliminar
  8. Que estranho, um exagero. Mas se ela se sente bem! :) Ainda bem para ela.

    ResponderEliminar

Thank you for taking your time. Comments always make me happy.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...